O Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC), denuncia as condições precárias da Delegacia de Polícia Civil da cidade de Ipirá (BA).

O prédio está sem energia elétrica desde o último dia 14 de novembro, por causa de um defeito no transformador, cujo reparo ou substituição  é de responsabilidade do Governo do Estado, conforme diz a Coelba.

De acordo com o presidente do SINDPOC, Eustácio Lopes, que visitou as instalações da DPC,  os servidores  da unidade estão  utilizando velas para trabalhar .

Os profissionais também estão sem acesso a internet, o que tem dificultado o registro de B.O  e outros procedimentos no sistema. Segundo Eustácio Lopes, pelo menos três vítimas de violência doméstica não puderam ter suas medidas protetivas solicitadas em virtude deste problema.

Os internos que estão custodiados na DPC também estão sofrendo num  ambiente totalmente escuro e oferecendo riscos para os policiais, uma vez que pode acontecer  uma rebelião ou fuga.

“O SINDPOC pede, com urgência, que o Governo do Estado resolva esse problema tão simples, mas que afeta os policiais e a população de maneira drástica”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Máquina do tempo: “Uma viagem ao passado através da música”

Raul Seixas – O dia em que a terra parou …