Um vídeo que começou a circular nas redes sociais na última quinta-feira (09),  causou revolta em muita gente. Na  imagem o empresário Adonias Correia Santana,  que está dentro de um carro, ao lado de outro empresário identificado como Hildebrando José dos Santos,  finge que vai ajudar financeiramente um morador de rua, mas o agride com um forte tapa no rosto e dispara. “Vai trabalhar, vagabundo”.

A cena foi gravada por Hildebrando que na ocasião conduzia o veículo e  também participou da ação violenta. Ele  chega a  simular uma suposta compaixão com a situação do rapaz que é dependente químico e se chama Anderson. “Dá mais R$ 50, dá mais R$ 50, tem que ajudar”.

Antes do tapa os dois homens também perguntaram quanto Anderson ganhava por dia na rua. Para conseguir concretizar o plano da agressão a dupla pediu para que a vítima se  aproximasse um pouco mais do veículo. “Vem aqui para eu perguntar um negócio para você mais de perto”, disse o Adonias.

O caso aconteceu na última segunda-feira (06), no município de Sinop em Mato Grosso e ganhou repercussão nacional neste final de semana. Um advogado se responsabilizará voluntariamente por abrir um processo contra os agressores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Máquina do tempo: “Uma viagem ao passado através da música”