Homem desaparecido há mais de 30 anos é encontrado morando nas ruas de Arcoverde (PE)

Um homem que estava desaparecido há mais de 30 anos foi encontrado em Arcoverde (PE) pela Campanha Nacional de Coleta de DNA de Familiares de Pessoas Desaparecidas.

O homem, conhecido apenas como Francisco, vivia em situação de rua no centro de Arcoverde. Ele não tinha documentos que comprovassem a sua real identidade, mas voluntários da cidade iniciaram uma busca com apoio da Polícia Científica.

Após coleta de materiais biológicos do homem, equipes localizaram uma mulher, moradora de Lajedo, no Agreste pernambucano que estava à procura do irmão há mais de 30 anos. A campanha fez a coleta de materiais dela também e  encaminhou para o Instituto de Genética Forense Eduardo Campos, no Recife, que confirmou o parentesco.

Cícero foi o primeiro desaparecido a se reconectar com sua família desde o início do projeto nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco tem 191 casos da Covid-19 e sete óbitos em 24h

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (27), 191 casos da …