Hoje não é quinta feira, mas tem #tbt: Fragmentos da história

Quando estou andando pelo centro de Petrolina, mais precisamente pela área comercial, sempre lembro da minha infância e um filme vem à minha mente, é inevitável, afinal nasci no Hospital Dom Malan e cresci na Avenida Souza Filho, casa dos meus avós materno.
Passando pelo comércio, lembro das antigas lojas que fizeram parte do progresso da nossa Petrolina; Tio Correia, Ipê, Armarinho Drubi, Casas Queiroz, Pernambucanas, Afa Center, Karla Modas, Nonato Roupas, Petromalhas, Douradão, eram tantas… hoje não mais existem.
Mas eis que ontem, caminhando pela Dom Vital, num impulso, olho para cima e me deparo com essa placa que ainda resiste ao tempo, não pensei duas vezes e fiz esse registro. Registro de uma antiga loja cuja missão era registrar e revelar as histórias da nossa Cidade, LABORFILMS, uma das pioneiras no segmento fotográfico.
Confesso que senti um aperto bom e nostálgico no coração que me remeteu a um pedaço da minha história. #saudades #fragmentosdahistória #petrolinaantiga #laborfilms.

Sharlys Douglas de Souza Sales – filho de Petrolina

2 Comentários

  1. Paulo ferreira

    9 de dezembro de 2018 em 14:20

    Restaurante alvorada, casa carlos, rio ferragens, brasileiras.

    Armazém 2 de julho, art foto paulista, marujo, restaurante de seu Valter, new river, Anísio Moura, a primavera, pita do jogo do bicho, new river…

    Responder

  2. Paulim

    9 de dezembro de 2018 em 22:05

    Belo texto!
    Parabéns ao autor!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE):  boletim apresenta mais 7 novos casos da covid-19  e uma morte neste domingo (24)

O boletim epidemiológico da covid-19 deste domingo, dia 24, registra sete casos novos da d…