Greve na UFRPE: Professores decidem encerrar paralisação a partir de 1º de julho

Professores do campus Recife da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) decidiram encerrar a greve da categoria a partir do dia 1º de julho.

A decisão ocorreu durante assembleia na noite dessa quarta-feira (19), no auditório da Associação dos Docentes da UFRPE (Aduferpe).

Foram 69 votos favoráveis ao fim da paralisação, oito contrários e uma abstenção.

Na tarde desta quinta-feira (20), está prevista uma nova assembleia com os professores do campus de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco.

Os docentes do Recife também aprovaram a proposta apresentada pelo Governo Federal, que contou com 66 docentes favoráveis, 12 contrários e uma abstenção. A greve foi deflagrada em assembleia no dia 29 de abril.

Entre as reivindicações acordadas pelo Governo Federal estão:
– Recomposição parcial do orçamento das instituições federais,
– Conquista de 5.600 bolsas de permanência para estudantes quilombolas e indígenas
– Implementação de reajuste de benefícios (auxílio-alimentação, auxílio-saúde suplementar e auxílio-creche)
– Elevação do reajuste linear oferecido até 2026 de 9,2% para 12,8%, sendo 9% em janeiro de 2025 e 3,5% em maio de 2026, entre outras propostas. (Folha PE)

Fechado para comentários

Veja também

Mais de 10 milhões de pessoas trabalham no comércio brasileiro, diz pesquisa

O número de pessoas que trabalham no comércio no Brasil chegou a 10,3 milhões em 2022, o m…