Gravatá (PE): Bebê dá entrada em hospital com sinais de espancamento; pais afirmam que foi mordida de rato

Em Gravatá (PE), uma recém-nascida de 8 dias, com sinais visíveis de espancamento,  foi atendida no Hospital Doutor Paulo da Veiga Pessoa.

Os pais da criança alegaram, em depoimento na delegacia de Polícia Civil, que a bebê teria sido mordida por um rato, no entanto, o caso levantou suspeita, já o Conselho Tutelar do município  acompanhava a família há 3 meses em virtude de casos de maus-tratos e pobreza.

Além da recém-nascida, uma outra filha do casal está sob os cuidados do Conselho Tutelar. As duas irmãs serão acompanhadas por uma equipe médica e  encaminhadas para um abrigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Covid-19: Cremepe emite nota e alerta autoridades para evitar festas de final de ano e carnaval em Pernambuco

Em nota emitida na sexta-feira (26), o Conselho Regional de Medicina do Estado de Pernambu…