Governo do Estado decide não participar da organização do Festival de Inverno de Garanhuns (PE)

O anúncio dos artistas nacionais que se apresentarão no Polo Mestre Dominguinhos, principal palco do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), feito pelo prefeito Sivaldo Albino (PSB), nesta terça-feira (2), foi determinante para que o Governo do Estado tomasse a decisão inédita de não participar da realização da 32ª edição do evento, passando a ser apenas patrocinador.

A coletiva de imprensa convocada pela Prefeitura de Garanhuns e sem a participação de representantes do Governo de Pernambuco, foi mais um capítulo do imbróglio entre as duas gestões, que se desenrola desde o ano passado.

Com a realização do FIG de 2023, primeiro ano da gestão da governadora Raquel Lyra (PSDB), foi evidenciado um impasse. Naquele ano, com o gestor municipal anunciando que a prefeitura iria tomar a frente da organização do evento na edição seguinte.

A partir de então, a prefeitura do município do Agreste anunciou atrações para o evento de 2024 – já com oito artistas divulgados no mês de agosto e outros em setembro.

Desde então, o protagonismo sobre o FIG estava sendo disputado entre prefeitura e Governo.

“A gente está enxergando como uma disputa entre duas partes que querem realizar o evento. E como não houve co-realização de ambas as partes, o governo está tomando essa decisão, diante do que foi apresentado.

A gente está pensando no FIG enquanto política pública, dada a grandiosidade do evento e no que a gente poderia fazer para o segmento da cultura. Nessa condição que foi apresentada hoje, a gente não entra como realizador do evento desse ano”, explicou a secretária de Cultura de Pernambuco, Cacau de Paula, destacando que a decisão vale apenas para a próxima edição.

“Vou esperar um posicionamento de forma oficial do Governo do Estado para poder tomar um posicionamento. Acho que a gente está diante de um governo que é imprevisível. A gente está procurando o diálogo. Quem procurou [o diálogo] fomos nós, desde o ano passado, quando a gente anunciou que iríamos fazer o FIG. (…) Estava fluindo e buscamos o diálogo para fazer uma parceria e o formato do FIG em conjunto.

Caso se confirme, vamos fazer da maneira que a gente planejou. Um FIG grandioso e com responsabilidade. Um evento com investimento de R$ 15 a R$ 16 milhões e com a iniciativa privada que estamos buscando e com alguns parceiros”, disse o prefeito Sivaldo Albino.

Fechado para comentários

Veja também

Confira as vagas de emprego disponíveis para essa quarta-feira (24) em Petrolina (PE)

Confira abaixo, as vagas de emprego para Petrolina (PE) disponíveis para essa quarta-feira…