Governo do Ceará cancela vaquejada e decisão repercute de forma negativa no nordeste; veja o vídeo

O cancelamento de uma  vaquejada  que iria acontecer na cidade de  Iguatu, no Ceará, está repercutido de forma negativa em todo o nordeste. Vale salientar que o retorno responsável  do evento havia sido autorizado pelo Governo do Ceará no Plano de Convivência das Atividades Econômicas. 

Após a decisão do Governo, o  organizador  Anderson Teixeira desabafou  e citou alguns dos procedimentos burocráticos que cumpriu para a realização do evento,  como licenciamento da Vigilância Sanitária, liberação e vistoria  da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará, aquisição de 200 testes da covid-19 para o quadro de pessoal e  certificado do Corpo de Bombeiros.

 Ele reforça  que mesmo com todos os documentos entregues e exigências cumpridas, foi surpreendido com o cancelamento. O evento já estava com 1.600 senhas pagas  e um esquema reforçado para seguir todos os protocolos sanitários contra a covid-19, no entanto, uma suposta divergência interna pode ter provocado a decisão. veja o vídeo abaixo:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Shows poderão ter 2.500 pessoas, mas a dança segue proibida; é permitido ficar de pé usando máscara

Desde o início de setembro, o governo do estado começou a liberar “eventos-testeR…