Governo de Pernambuco anuncia distribuição de lote de CoronaVac; Petrolina (PE) receberá 3.250

O governo de Pernambuco informou, nesta quarta (19), que vai distribuir 58.660 vacinas da CoronaVac para aplicação da segunda dose contra a Covid-19. Com essa quantidade, o estado não vai conseguir “zerar” o déficit. Ao todo, 129 cidades apontaram a falta de 104.983 unidades para completar o esquema vacinal. Ainda será preciso contar com mais de 46 mil imunizantes. Petrolina (PE) receberá 3.250 doses.

As doses que serão entregues aos municípios fazem parte do “estoque estratégico estadual”. As novas remessas têm previsão para começar a chegar aos municípios a partir de quinta (20), de acordo com o governo.

As informações foram repassadas pelo estado após uma reunião da Comissão Intergestora Bipartite (CIB) e uma conferência do Programa Estadual de Imunização (PNI-PE), com apoio do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems-PE).

O estado informou, ainda, que a divisão foi realizada pelo “critério populacional”. As doses serão enviadas para as Gerências Regionais de Saúde (Geres), onde ficarão à disposição das secretarias de Saúde municipais.

A Secretaria Estadual de Saúde também pediu aos municípios que possuem sobra da Coronavac/Butantan, e que já finalizaram os esquemas vacinais, disponibilizem essas doses ao programa estadual, para redistribuição às cidades com falta de segunda dose.

“Nesses casos, o quantitativo devolvido será compensado com doses da Astrazeneca/Oxford”, disse o estado.

O governo disse que, após a entrega dessa remessa, 103 cidades devem “zerar” o déficit de doses da Coronavac” para a segunda aplicação.

Na reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) também ficou decidido que será preciso pedir mais vacinas ao governo federal para atender 82 municípios. Esse déficit é de 46.323 doses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA): Instituto de Previdência lança campanha alertando sobre violência financeira contra idosos

Idosos que não têm acesso aos seus cartões bancários ou são forçados a fazer empréstimos p…