Governador Paulo Câmara pede agilidade do hub da Latam para Pernambuco

camara

O governador Paulo Câmara esteve reunido essa semana com o secretário nacional de Aviação Civil, Eliseu Padilha. Os dois trocaram informações sobre o andamento das conversas para a ampliação da área da aviação comercial no Aeroporto Internacional dos Guararapes. Tanto o Ministério quanto a Infraero – que é vinculada à Pasta de Padilha – trabalham de forma articulada com o Governo de Pernambuco para equacionar a questão.

“Estou muito confiante de que vamos resolver essa questão da infraestrutura. A Infraero tem sido uma grande parceira para resolver essa questão da disponibilização de novas áreas. Temos feito também um trabalho com o comando da Aeronáutica e o Ministério da Defesa”, informou o governador, que esteve no Ministério da Aviação Civil acompanhado do vice-governador Raul Henry e dos secretários Thiago Norões (Desenvolvimento Econômico) e José Neto (Assessoria Especial).

De acordo com Paulo Câmara, o ministro Eliseu Padilha tem ajudado muito no processo para a cessão de áreas novas ao Aeroporto dos Guararapes. Sobre o hub da Latam, o governador já teve reuniões em Brasília com os ministros da Nelson Barbosa (Planejamento), Jacques Wagner (Defesa), com o comandante da Aeronáutica, brigadeiro Nivaldo Luís Rossato, e com o presidente da Infraero, Gustavo do Vale. Na conversa desta quarta-feira, também esteve presente o secretário-executivo da Aviação Civil, Guilherme Walder Mora Ramalho.

MINISTÉRIO DA PESCA -Paulo Câmara esteve também com o ministro da Pesca, Helder Barbalho, que quando soube que o pernambucano estava em Brasília, o chamou para conversar. A audiência – a primeira de Paulo com o ministro – terminou tratando da questão da desoneração do ICMS do combustível para o setor pesqueiro, especialmente para os pequenos pescadores.

“Esse é um segmento que ajuda a gerar renda, a ajudar trabalhadores que têm uma atividade com muitas dificuldades. Nosso Governo tem o interesse em apoiar esse setor, o que já vem fazendo com o Programa Chapéu de Palha e também com a regulamentação da pesca artesanal”, disse Paulo Câmara.

O Governo de Pernambuco e o Ministério da Pesca devem, em breve, anunciar um entendimento que viabilize essa desoneração, que está sendo articulada com todas a unidades da Federação. Paulo Câmara convidou o ministro para ir a Pernambuco conhecer as atividades do setor pesqueiro no Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Polícia Civil conclui inquérito do Caso Beatriz; suspeito foi indiciado por homicídio qualificado

O Inquérito Policial do Caso Beatriz Angélica Mota, assassinada no dia 10 de dezembro de 2…