Governador da Bahia tem prazo de 24 dias para responder demanda da PM e do Corpo de Bombeiros

Representantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros da Bahia,  juntamente com a Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares (Aspra), se reuniram durante assembleia realizada ontem (16), em Salvador para articular cobranças ao governador Rui Costa.

Entre as pautas, a categoria pontuou as deficiências do funcionalismo público,  como  o Planserv e o novo sistema de administração de pessoas. Segundo segundo reclamações, este último apresenta falhas no pagamento dos salários.

Durante a reunião foi estabelecido o prazo de 24 dias para que Rui Costa responda as solicitações da categoria. Entretanto outra assembleia está prevista para o dia 11 de setembro. Caso não haja respostas, os agentes podem decidir pelo indicativo de greve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE) tem redução de 96,6% nos casos de dengue

Nos primeiros quatro meses deste ano, Petrolina teve uma redução de 96,6%, quando comparad…