Foi destaque: Técnicos da OI realizam paralisação em Juazeiro-BA

oi

Insatisfeitos com a falta de reajuste salarial e melhorias no ambiente de trabalho, funcionários da empresa RM, terceirizada da Oi, que presta serviços de telefonia e internet Velox em Juazeiro, realizaram manifestação na manhã desta sexta-feira (15) protestando contra a instituição.

Mariel Santana de Almeida, delegado do Sintel para o Norte da Bahia, disse que a categoria resolveu parar como forma de advertência na manhã de hoje “porque não aguentamos mais o arrocho salarial e a falta de reconhecimento da empresa para com os trabalhadores. A RM não paga o piso da categoria, continuamos recebendo salário mínimo além dos descontos de ponto indevido e etc” declarou Mariel.

O presidente do Sintel na Bahia, Joselito ferreira, estev em Juazeiro acompanhando o manifesto dos técnicos da OI e declarou que a intenção é levar o movimento para todo Estado. “Começamos em Feira de Santana, depois formos à Camaçari e região Metropolitana de Salvador, agora estamos aqui em Juazeiro e a nossa intenção é fazer um grande debate para discutir os serviços de telecomunicações na Bahia já que a OI deixou de investir e contratou essa empreiteira chamada RM que presta péssimos serviços tanto à sociedade quanto aos trabalhadores e queremos também fazer o nosso debate sobre a campanha salarial porque nós ganhamos no Tribunal Regional do Trabalho o piso de R$ 950,00 reais e a RM continua pagando salário mínimo a esses técnicos que são qualificados” disse. (GJ).

Fechado para comentários

Veja também

Juazeiro (BA): Sepultamento de “Seu Everaldo da Utilar” será nesta quinta-feira (6)

Morreu, em Juazeiro (BA) nessa quarta-feira, (5), aos 86 anos de idade, o empresário Evera…