Final da Copa do Nordeste entre Ceará e Bahia termina com socos e pontapés

O final de jogo entre Ceará e Bahia, pela decisão da Copa do Nordeste, terminou com cenas lamentáveis.

Após a conquista do título pelo time baiano, através da cobrança de penalidades máximas, os jogadores do Ceará e do Bahia se desentenderam ainda dentro de campo.

O resultado foi uma confusão generalizada com direito a socos, pontapés, voadoras e muitas cenas que podem ocasionar em punições para os jogadores.

De acordo com relatos da transmissão, jogadores chegaram a pegar cadeiras para agredir outros, e havia pessoas estiradas no gramado do Castelão. A confusão se estendeu por muitos minutos. Depois, na hora da cerimônia de premiação, os jogadores do Ceará não voltaram ao campo para receber a medalha de vice-campeão. “Ouvimos comentários de repórteres falando que o Bahia era freguês, foi algo que nos deixou engasgado contra o Ceará. Tenho amigos dentro clube, que respeito muito. Ano passada eles foram campeões e fizeram de tudo em Salvador, deixamos à vontade. Neste ano, porque comemoramos do nosso jeito aconteceu isso. O futebol não deve ser assim”, disse o atacante Gilberto,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pesquisa Covid-19: mais da metade dos Municípios deram início à vacinação por faixa etária

A imunização por faixa etária, de pessoas abaixo de 60 anos sem comorbidades, teve início …