“Ficar em casa ainda é preciso”, diz André Longo

0

O secretário estadual de Saúde, André Longo, ressaltou, em coletiva de imprensa transmitida virtualmente, que o processo de reabertura gradual em curso no estado não significa que as pessoas devem deixar de praticar o distanciamento social.

“Hoje, felizmente, estamos acompanhando, dia a dia, uma diminuição na pressão sobre a rede de saúde que foi montada (para pacientes com a Covid-19). A ocupação média dos leitos, que ficaram por um tempo superior a 90%, hoje, está abaixo de 60%, quando juntamos enfermaria e UTI. No caso das UTIs, que já tiveram lista com mais de 300 pacientes em espera, a taxa de ocupação está atualmente em 82%. No entanto, não é hora de comemorar ou baixar a guarda. Se relaxarmos, a situação pode se reverter e perderemos o que conquistamos”, afirmou Longo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também