Fernando Bezerra Coelho cobra do Governo Federal ações para a fruticultura do São Francisco

0

P

O Senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) usou a tribuna do Senado nesta quarta (03) para cobrar do Governo Federal providências capazes de resolver os problemas enfrentados pelo setor da fruticultura irrigada no Vale do São Francisco. A região vem enfrentando uma grave seca e o principal reservatório, que é a barragem de Sobradinho, está operando com aproximadamente 20% da sua capacidade. Sem a água para a irrigação, toda a cadeia produtiva, que emprega mais de 60 mil pessoas, está ameaçada. Fernando lembrou que a audiência pública da Comissão de Agricultura do Senado, realizada em Petrolina no mês de abril, teve duas importantes resoluções: a redução da vazão da barragem e a contratação em caráter emergencial de um sistema de captação capaz de trazer a água do volume morto de Sobradinho.

“A primeira etapa está sendo atendida. A redução da vazão começa a ser efetiva a partir já deste mês de junho”, disse o Senador. Quanto à obra, ele voltou a alertar o Governo para a necessidade de iniciar o projeto o mais rapidamente. O senador lembrou que já discutiu o assunto com os ministros Aloízio Mercadante (Casa Civil) e Gilberto Occhi (Integração Nacional), além da própria presidenta Dilma Rousseff. A implantação do novo sistema de captação está orçada em R$ 40 milhões. “Se a decisão não for tomada na próxima semana, estaremos colocando em risco o setor produtivo inteiro que é a fruticultura irrigada. Quero levar o meu apelo ao Governo Federal para que tome uma providência imediata e que a Codevasf possa contratar de imediato o serviço”. Mais de 90% da área irrigada no São Francisco é ocupada por pequenos agricultores, com propriedades inferiores a 20 hectares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Homem tenta fugir mas é preso com droga e faca no bairro Mandacaru, em Petrolina (PE)

Um homem, que não teve o nome divulgado, foi preso durante rondas ostensivas de policiais …