Família afirma que ciclistas vítimas de acidente fatal tinham experiência em pedalar

Sobre o acidente fatal envolvendo dois ciclistas divulgado na manhã deste domingo pelo Blog, recebemos a informação da família de uma das vítimas, que os dois tinham experiência em pedalar, diferente do que foi passado por uma testemunha. Os ciclistas foram identificados como Anaelton Rodrigues Macedo e Rogério Teles de Siqueira.

Outra informação que chegou a redação é que as vítimas tinham a mesma data de nascimento: 26/02/1984, e por uma coincidência trágica morreram no mesmo dia.

A família pediu também a nossa equipe que fosse esclarecido um fato que está circulando nas redes e grupos sociais. “Os demais ciclistas presentes na hora do acidente não colocaram fogo no carro. A única reação deles foi tentar salvar Rogério, que ainda estava vivo. O motorista foi impedido de fugir do local por pessoas que passavam na hora do acidente”.

Sobre o fato do motorista Lucas Roberto da Silva Amorim estar embriagado, a PRF confirmou o seu estado com um teste no etilômetro nº 077161, obtendo o resultado de 0,53 mg/l, o motorista disse no interrogatório não se recordar de nada, como não haviam marcas de frenagem, conclui-se então, que o mesmo dormiu na direção do veículo. Outra informação no boletim de ocorrência é que Lucas estava com a permissão para dirigir vencida desde 06/11/2018.

O motorista foi preso em flagrante pelo crime de homicídio culposo, qualificado pela embriaguez, e conduzido à delegacia da Polícia Civil e segundo a delegada de Plantão, Dra Isabella Cabral o procedimento foi encaminhado à justiça para audiência de custódia.

O velório de Anaelton Rodrigues Macedo será na rua da perseverança n 2, no bairro Dom Avelar. O velório de Rogério Teles será no SAf, e está previsto para as 19h.

2 Comentários

  1. Nonato dos santos

    23 de dezembro de 2018 em 19:22

    Um irresponsável , como muitos que tem por ai, que pensam que volante de carro é rédea de Jegue. Filhinho de papai não vai dá nada, assim como nada deu em relação a médica que matou os irmãos em Salvador.

    Responder

  2. ONG AJUDAR

    23 de dezembro de 2018 em 21:11

    INFELIZMENTE INVENTARAM ESSA AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA SÓ PARA LIBERAR O CRIMINOSO. ELE TINHA DE IR DIRETO PARA O PREÍDIO.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Prefeito Miguel Coelho recebe primeira dose da vacina contra Covid-19

Nesta terça-feira (03), foi iniciada uma nova etapa da vacinação contra Covid-19 em Petrol…