Falta sem aviso prejudica o curso da fila de espera de procedimentos no Sistema Único de Saúde em Petrolina (PE)

No período de janeiro a junho de 2022, uma média de 36% de pessoas que confirmaram presença para realização de consultas especializadas e exames de imagens na rede de saúde pública de Petrolina não compareceram. Essa prática afeta o andamento da fila e prolonga o tempo de espera dos demais pacientes do município.

A prefeitura tem investido na saúde pública, tendo em vista a ampliação da oferta de vários procedimentos, e exemplo disso são os atendimentos de exames laboratoriais sem filas de espera. No entanto, a ausência no comparecimento de um grande número de pacientes, tem sido um gargalo no processo para atendimento de outros procedimentos, como consultas especializadas e exames de imagens.

De acordo com a Secretária Executiva de Gestão, Cássia Guimarães, a Secretaria de Saúde, através da equipe do setor de Call Center, realiza ligações telefônicas para os pacientes que confirmam sua presença, no entanto, não comparecem no dia e horário marcados e não dão aviso prévio.

“Se comunicado a ausência com antecedência, na sua Unidade de Saúde de referência, não perdemos a vaga do dia, pois conseguimos redirecionar para o próximo paciente da fila de espera, que consta no sistema de agendamento da Central de Marcação, recuperando e otimizando assim aquela vaga. A falta de uma pessoa na data e hora do procedimento, impacta em perda da vaga. Como consequência, ocorre a desestruturação e descontinuidade no segmento de marcação”, aponta Cássia Guimarães.

Fechado para comentários

Veja também

Mulher é condenada a 34 anos de prisão por usar o Twitter na Arábia Saudita

A estudante Salma al-Shehab foi condenada a 34 anos de prisão na Arábia Saudita por manter…