Ex-secretário do governo Dilma morre eletrocutado

Diogo Sant’ana, ex-secretário executivo da Secretaria Geral da Presidência da República durante o governo de Dilma Rousseff, morreu no dia 31 de dezembro, aos 41 anos, ao encostar em uma grade eletrificada em uma praia de Florianópolis. O advogado deixa dois filhos e grandes amigos.

Em nota, o ex-presidente Lula disse: “O nosso futuro perde uma pessoa com inteligência, conhecimento, ética e comprometimento com as causas sociais, com um Brasil que precisamos reencontrar nesses tempos difíceis”.

“A morte do companheiro Diogo Sant’ana priva o Brasil de um dedicado militante da causa dos direitos humanos e um brilhante advogado”, disse Dilma, em nota. “Era indispensável, pela sua competência, cultura, dignidade e generosidade. Sua morte trágica, ainda tão jovem, entristece a todos nós, que tivemos o privilégio de conviver com ele.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeirense empata fora de casa contra o Bahia de Feira

A Juazeirense foi até a cidade de Feira de Santana para disputar a terceira rodada da Séri…