Ex-companheiro de Barcelona teria ajudado a pagar a fiança de Daniel Alves; saiba quem foi

Daniel Alves, condenado a 4 anos e meio de prisão pelo crime de esturpro, saiu do presídio na última segunda-feira (26) após ter realizado o pagamento da fiança de 1 milhão de euros (R$ 5,4 milhões, na cotação atual). Porém, o ex-jogador teria contado com a ajuda de um ex-companheiro de Barcelona para conseguir a liberdade. De acordo com o jornalista catari Mabkhout Al Marri, foi Memphis Depay quem pagou para Alves ser solto.

Atualmente no Atlético de Madrid, Memphis acumula passagens por PSV, Manchester United, Lyon e Barcelona. O atacante, que também defende a seleção da Holanda, teria convivido com Daniel Alves na temporada 2021/2022, quando ambos defendiam o time da Catalunha.

Anteriormente, Memphis já teria ajudado o lateral francês Benjamim Mendy, que foi preso por estupro, mas foi inocentado, e o atacante holandês Quincy Promes, preso recentemente por traficar 1,3 tonelada de cocaína vinda do Brasil.

Na última semana, em entrevista ao Jornal Record, de Portugal, Depay comentou os casos e disse que, apesar não apoiar tudo o que seus amigos fazem, ele continuará mantendo amizade.

“Benjamin Mendy e Dani Alves também estiveram envolvidos em casos criminais, mas isso não significa que tenham deixado de ser meus amigos. Não conheço o Quincy tal como ele é descrito. Isso não significa que eu diga que eles fazem as coisas bem ou que apoio tudo o que os meus amigos fazem. Mas não os vou deixar”, disse.

Fechado para comentários

Veja também

Bahia: Aneel autoriza reajuste médio de 1,53% para tarifa de energia elétrica 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou um reajuste médio de 1,53% para a…