Estatística cruel: 70% dos pacientes internados com Covid-19 em UTI’s de Salvador (BA) morreram

Dados da Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS) apontam que, entre os dias 1º e 20 de maio, 70% dos pacientes com Covid-19 internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) na cidade morreram. Ao todo, das 170 pessoas hospitalizadas em unidades intensivas no período, 119 perderam a vida para o coronavírus.

Nesse mesmo período, apenas 51 pacientes receberam alta das UTIs, um percentual de 30%. Isso significa que, a cada 10 pessoas internadas, apenas três sobreviveram, segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Salvador.

A suspeita é de que as novas variantes do vírus estão aceleramento a gravidade dos casos e causando, a morte dos pacientes internados mais rapidamente. Com isso, o tempo de internamento, inclusive, estaria diminuindo na capital baiana.

O tempo médio de internamento em leitos de UTI para Covid-19 caiu para quase metade, em 2021. Em 2020, os pacientes passavam entre 14 a 30 dias internados em uma UTI. Agora, a média de internação é de 10 a 15 dias, porque os pacientes estão morrendo mais rápido.

Os médicos se mostram preocupados e reforçam parta que as pessoas sigam as medidas de prevenção contra a doença. Eles contam que, além de lidar com a agressividade da doença, estão exaustos com a jornada de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Anvisa autoriza importação excepcional da vacina Sputnik V

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu autorização, por meio do Circ…