Em pronunciamento, presidente do TSE destaca importância do voto para a construção contínua da democracia

0

Em pronunciamento à Nação na noite deste sábado (27), a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, reafirmou a importância da participação das eleitoras e dos eleitores na escolha dos governantes como forma de construção contínua da democracia.

A ministra pediu tolerância e respeito aos que pensam diferente e destacou que o voto é a expressão máxima da soberania popular, que deve ser exercida com paz e tranquilidade. “Não deixemos que nada tumultue a nossa escolha livre e consciente sobre o que entendamos ser o melhor para o país. O bem do Brasil é o que todos queremos”, afirmou.

A ministra afirmou que a Justiça Eleitoral estará mais uma vez a postos para assegurar o exercício do voto por meio do sistema eletrônico que se aperfeiçoa desde que começou a ser utilizado, há 22 anos, e que até hoje não registrou nenhum caso de fraude.

Rosa Weber destacou a série de providências adotadas para apurar problemas apontados no primeiro turno. “Todas as denúncias mereceram especial atenção. Todas tiveram, e estão tendo, resposta da Justiça Eleitoral, seja no campo das ações judiciais e representações já formalizadas, seja no campo administrativo, observado sempre o tempo necessário à resposta institucional responsável e com respeito ao devido processo legal”, assegurou.

Ela ressaltou ainda o combate à desinformação por meio de campanhas de orientação aos eleitores. “Estamos a experimentar possibilidades inovadoras de comunicação e convívio digitais cujo impacto ainda está por ser devidamente mensurado. Cabe a todos nós ajudar na construção de um mundo em que a tecnologia esteja a serviço dos valores que informam a nossa Constituição, e não da desinformação, do discurso do ódio, da intolerância e da violência”, enfatizou a ministra, acrescentando que a liberdade de manifestação será sempre um princípio a ser intransigentemente garantido.

“A Justiça Eleitoral não é minha, nem dos juízes e servidores eleitorais. Ela é de todos nós! Dito de outra forma: a Justiça Eleitoral é minha! É sua, eleitor, é sua, eleitora! A Justiça Eleitoral é patrimônio do povo brasileiro. Não perde a serenidade mesmo em tempos revoltos. Tão logo encerradas estas eleições, A Justiça Eleitoral começará os preparativos para as próximas, com o incansável e competente trabalho de seu qualificado corpo funcional, que merece respeito. Conclamo todos para que votemos com paz e tranquilidade! O Brasil merece!”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA) terá reforço na fiscalização e aumento da frota de ônibus durante provas do Enem

A Prefeitura de Juazeiro irá reforçar a fiscalização e o transporte coletivo para oferecer…