Em nota, Univasf afirma que não recebeu convite oficial para visita do Ministro da Educação em Petrolina

1

Informamos que a ausência dos representantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) ao evento do Ministério da Educação (MEC) na última segunda-feira (17), em Petrolina (PE), ocorreu em virtude de não ter havido convite oficial para a respectiva agenda no município. A formalização de convite à participação e recepção de autoridades, além de constituir trâmite protocolar necessário é também indicativo de compatibilidade da pauta das instituições envolvidas.

A Reitoria da Univasf, ciente do respectivo protocolo, compreende que naquela ocasião, a visita do ministro Abraham Weintraub foi especificamente voltada ao anúncio de ações da pasta para a educação básica, técnica e tecnológica e escolas públicas da região.

Em encontro recente que teve com o ministro Weintraub há menos de um mês, em Brasília, o reitor da Univasf Julianeli Tolentino levou como pauta o impacto do bloqueio dos recursos previstos para o ano de 2019, programados na Lei Orçamentária Anual (LOA). As audiências com o MEC atendem a iniciativa conjunta dos dirigentes das universidades e institutos federais de Pernambuco, em articulação com parlamentares da bancada do Estado no Congresso Nacional.

A pauta da Univasf, que visa à recomposição do seu orçamento conforme a LOA 2019, também foi discutida em reunião com a Secretaria de Educação Superior (Sesu/MEC), no início deste mês, e sistematicamente acompanhada por meio de diálogos entre a Reitoria e a equipe da Sesu. Julianeli Tolentino, que cumpre agenda de trabalho fora de Petrolina, retorna de viagem nesta quarta-feira (19), e na próxima semana se reunirá novamente com a comunidade acadêmica para discutir as possíveis medidas de ajustes no orçamento da universidade, com base nas tratativas com o MEC.

Univasf

Setor de Apoio à Comunicação da Reitoria – Seac-GR
Gabinete da Reitoria

1 Comentário

  1. valtemir adm

    20 de junho de 2019 em 18:48

    esse reitor da UNIVASF só pode esta se preparando para alguma seletiva para palhaço, fica fazendo terrorismo entre a comunidade acadêmica, quem não lembra que ele disse que a universidade iria fechar as portas em setembro, quem é que leva esse cidadão a sério?…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

MEC vai liberar R$ 100 mi por ano a universidades federais sem hospitais

O MEC (Ministério da Educação) vai desembolsar cerca de R$ 100 milhões por ano para garant…