Em 2010 e 2014 também fez frio e choveu em setembro; Meteorologista Mário Miranda explica fenômeno

0

Quem costuma sentir calor no mês de setembro terá que retirar o casaco do guarda-roupa, pelo menos nesses primeiros dias.

A sensação de frio registrada no início da semana pegou muita gente de surpresa e  esse clima é considerado anormal para a época, mas também é normal, de acordo com a meteorologia.

Ocorre que, um centro de alta pressão que se encontra sob o oceano atlântico favorece a umidade para a região Nordeste e inibe às frentes frias de chegarem ao Sudeste do país. Isso provoca frio e com o céu coberto, as temperaturas despencam.

Esse fenômeno considerado normal pode ocorrer em um período de seca e já foi registrado nos últimos cinco anos na região.

O professor e meteorologista da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) Mário Miranda, explica que nos meses de agosto e setembro não costuma chover, mas comparado a 2017, em 2010 choveu no final de agosto e início de setembro. Em 2014 também foram registradas baixas temperaturas e chuvas no mesmo período.

“Isso pode ser considerado anormal e normal. Existem períodos que passam cinco anos sem chover em setembro e em agosto, mas em 2010 choveu, assim como em 2014, considerados anos secos como esse de 2017”, afirmou.

Com a frente fria na região que atua em altos níveis do céu e que pode demorar a dissipar-se, ou seja, demorar ir embora, não entra radiação, o que pode provocar chuviscos durante o dia e à noite, com temperaturas que podem chegar a 22º com sensação de 18º. Quando chove em setembro, a tendência é que as chuvas caiam com maior intensidade até o fim do ano.

“Observamos que, quando chove em setembro e agosto, essas chuvas também acontecem em novembro e dezembro, aumentando a possibilidade de ficar chovendo ate o final do ano. Esse centro de alta pressão pode demorar alguns dias, mas pode sumir logo, não necessariamente haverá chuva nesses dias e com as frentes frias subindo para as áreas que mandam água para cá, isso pode trazer chuva para o rio São Francisco”, finaliza o meteorologista.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também