Em 10 dias, operação da Polícia Federal destrói cerca de  554 mil pés de maconha  e evita produção 185 toneladas da droga  no Sertão Pernambucano 

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Polícia Federal destruiu  cerca de 554 mil pés de maconha, 114 plantios, 238 mil mudas da planta e apreendeu  114Kg de maconha pronta para o consumo durante “Operação Fusarium III”,  realizada  entre os dias 21 a 30 de junho  no Sertão Pernambucano.

Os plantios foram localizados através de levantamentos feitos pela Polícia Federal em algumas ilhas dos Rio São Francisco e na Região de Orocó, Cabrobó, Belém do São Francisco e Santa Maria da Boa Vista, bem como em áreas de caatinga em Salgueiro, Carnaubeira da Penha, Serra Talhada, Betânia, Parnamirim, Ibó e Floresta.

Durante os 10 dias de operação, os policiais trabalharam com atuações em três frentes: equipes terrestre, aérea e fluvial. Participaram da operação: Exército Brasileiro, Policiais Militares/PE, Policiais Civis/PE, Bombeiros/PE e integrantes da Secretaria Executiva de Ressocialização/PE.

 De acordo com a PF,  caso os 554  mil pés de maconha fossem colhidos, prensados e colocados no mercado consumidor, daria para fazer 185 toneladas da droga.

“Assim com essas operações consecutivas, a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada dos crimes violentos letais e patrimoniais intencionais, tais como: roubos, furtos, homicídios, latrocínios etc. Destaca-se ainda que estes são os principais delitos relacionados ao tráfico de entorpecentes, cuja atuação prematura das forças de segurança na repressão ao cultivo ilícito de maconha repercute positivamente no bem-estar da sociedade”, informou a PF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Vice-prefeito Simão Durando intensifica vistorias e reuniões com lideranças comunitárias em Petrolina (PE)

O vice-prefeito de Petrolina, Simão Durando, tem intensificado a agenda de vistorias de ob…