Eleições 2022: “Tanto Miguel quanto Raquel inovaram em gestão municipal e isso reorganiza a perspectiva da eleição estadual”, diz cientista política

A cientista política e jornalista, Priscila Lapa avaliou o cenário das eleições 2022 em Pernambuco durante entrevista concedida ao programa Edenevaldo Alves, na Rádio Petrolina FM, nesta terça-feira (12).

Para Priscila, uma eleição que traz pré-candidatos de outras regiões do Estado demonstra que as gestões municipais ganharam aprovação do eleitorado do Interior, a exemplo do ex-prefeito de Petrolina, no Sertão, Miguel Coelho (UB), e a ex-prefeita de Caruaru, no Agreste, Raquel Lyra (PSDB).

“O eleitor do Interior começou a mostrar que a sua demanda, aquilo que precisa ser feito pelo Estado, é tão importante quanto a demanda do eleitor da região metropolitana e isso tem a ver com os novos modelos de gestão que estão sendo implantados. Tanto Miguel Coelho quanto Raquel Lyra, e Anderson Ferreira também inovaram em questões importantes para a gestão municipal trazendo uma visão muito mais renovada da dinâmica de gestão administrativa de prefeitura. Nós vimos acontecer nas reeleições dos três em seus municípios, por exemplo, então isso demonstra o grau de aprovação da forma como eles governaram para a população”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Morre Padre Reginaldo Veloso, autor de músicas da liturgia cantadas nas dioceses de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA)

O padre Reginaldo Veloso morreu aos 84 anos, no Recife. A morte aconteceu na noite da quin…