Duas semanas após praias cheias, Pernambuco não tem alta de casos de covid-19

Em meio ao processo gradual de retomada das atividades de lazer e diante da estabilização dos casos da covid-19 em Pernambuco, o feriado prolongado do Dia da Independência (7 de setembro) atraiu, como em todos os anos, milhares de pessoas às praias dos Litorais Sul e Norte do Estado.

Nas faixas de areia, o desrespeito às regras sanitárias era evidente: poucas pessoas usando máscaras, aglomerações e ausência de distância mínima entre muitas das barracas. O cenário fez com que a população e especialistas temessem o repique da covid-19.

Passados 14 dias (duração média do período de incubação, que é o tempo que leva para os primeiros sintomas aparecerem desde a infecção pelo novo coronavírus), a média móvel de casos do coronavírus se mantém estável em Pernambuco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Salgueiro (PE): Ex-vereadora Paizinha Patriota responde ao secretário de saúde George Arraes e afirma “Esse secretário prefere atacar uma cidadã ao invés de trabalhar”

Fui surpreendida na noite de ontem, 26 de janeiro, logo após divulgar o início da vacinaçã…