Dono de Haras, suspeito de atirar e matar funcionário da Celpe em Limoeiro (PE), segue foragido

0

O dono do Haras, suspeito de atirar e matar funcionário terceirizado da Celpe, na hora em que foi comunicado que teria a luz da propriedade cortada, em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, segue foragido. De acordo com a polícia, após o corte de energia, o dono do Haras teria demonstrado insatisfação, atirando contra a vítima.

Em seguida, ainda com a arma em mãos, teria obrigado um segundo funcionário da Celpe a religar a energia, sob ameaça de morte. Ainda segundo a policia, o suspeito também teria obrigado o funcionário a entrar no porta malas da viatura de trabalho e, em seguida, fugiu.

O eletricista José Reginaldo de Santana Júnior, de 31 anos, morador da cidade de Carpina, foi morto com um único disparo de arma de fogo. De acordo com informações repassadas pela 6ª Companhia Independente da Polícia Militar, o principal suspeito de efetuar o disparo é o dono da propriedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Polícia prende em flagrante homem com aproximadamente 845 pés de maconha em Curaçá (BA)

A polícia visualizou um veículo branco e duas motos em atitude suspeita, entre as Agrovila…