Dia 31 encerra o prazo para quitar o IPVA de 2020

Devido às restrições causadas pela pandemia, foram prorrogados os prazos de validade do calendário anual de licenciamento 2020 dos veículos usados, conforme resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e portaria 2879/2021 do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE). Com isso, o prazo para circulação com o CRLV 2020 ficou da seguinte forma:

Com a quitação do licenciamento 2020, para acessar o CRLV-E só é preciso baixar o aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), na App Store e na Google Play, e adicionar o documento, que também pode ser compartilhado com outro usuário do veículo, que também tenha a CDT. O compartilhamento pode ser feito com até cinco pessoas ao mesmo tempo e o documento também pode ser impresso em papel A4, pelo próprio usuário. Pernambuco é o quinto estado a implantar a tecnologia do CRLV digital, que traz todas as informações do documento impresso e tem a mesma validade jurídica da versão em papel.

MULTAS

Só pelo site do Detran-PE (www.detran.pe.gov.br) é possível gerar os boletos de multas vencidas já com os juros e correção. Desde janeiro de 2017, em cumprimento a Lei Federal 13.281, que alterou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), os valores das multas vencidas são atualizados automaticamente, no site do Detran, com os devidos acréscimos de juros de mora, para pagamento nas datas escolhidas, com a facilidade de realizar a quitação nos aplicativos de qualquer instituição bancária.

Os correntistas do Banco do Brasil (BB), têm a possibilidade de saldar os débitos por meio do aplicativo ou dos correspondentes bancários do BB, sem a necessidade de entrar no site do Detran para acessar as guias de pagamento. O contribuinte pode quitar as taxas por meio dos terminais de autoatendimento, do aplicativo ou do site do banco.

Como o foco é o pagamento digital, não é possível efetuar nos caixas bancários, mas o procedimento é simples: basta acessar o sistema bancário, entrar no canal de pagamentos sem código de barras e o campo “taxas do Detran”, informando a placa do veículo e o CPF ou CNPJ do proprietário. A partir daí é possível verificar o histórico e pendências registradas no Detran e efetuar a quitação das taxas existentes atualizadas.

Os acréscimos são baseados na taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic) para títulos federais acumulada mensalmente. Os cálculos ocorrem a partir do mês subsequente ao da consolidação até o mês anterior ao do pagamento, e de 1% relativamente ao mês em que o pagamento estiver sendo efetuado, como determina o artigo 284, inciso 4º da lei 13.281. (Detran-PE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Comissão Eleitoral divulga lista preliminar de servidores municipais associados aptos a votarem nas eleições do Sindsemp

Em cumprimento ao edital de eleições a Comissão Eleitoral divulgou nesta segunda-feira (24…

Mande sua mensagem

    Seu nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Telefone (obrigatório)

    Assunto

    Sua mensagem

    Fale com a gente Via WhatsApp