Denúncias de violações contra pessoas idosas crescem nos três primeiros meses de 2021 em Pernambuco

De janeiro a março deste ano, o Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência Contra a Pessoa Idosa (CIAPPI), programa vinculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), recebeu 205 denúncias de violência contra idosos e idosas. Em comparação com o mesmo período de 2020, que teve 134, houve um crescimento nas denúncias de 53%. Ainda segundo o órgão, foi no mês de março de 2021 que chegou a maioria das queixas, 116, e dessas, 96 aconteceram no ambiente intrafamiliar.

“Todos nós precisamos ser fiscais e estarmos atentos a qualquer sinal de violência. Se você é vizinho, cuidador ou parente e está observando qualquer tipo de conduta duvidosa em relação às pessoas idosas, não hesite. Denuncie”, reforça o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

O programa também faz um alerta para o aumento no número das violações, identificadas a partir das denúncias, que nos três meses deste ano contabilizaram 533, as quais se destacam: negligência, violência verbal, psicológica, financeira, física, abandono e ameaça, sendo a faixa etária mais violada a de 80 a 89 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco: Carnaval, São João e Festival de Inverno não acontecerão a curto prazo, afirma Secretário de Cultura

O secretário de Cultura de Pernambuco, Gilberto Freyre Neto, afirmou  na quarta-feira (12)…