Dentista acusado de homicídio praticado em 2023 é preso na Bahia; vítima não teria comprado drogas para ele

A Polícia Civil da Bahia conseguiu prender um dentista acusado de homicídio. O homem, de 30 anos, foi detido no bairro da Boca do Rio, em Salvador, por uma equipe da 14ª Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin/Irecê), em conjunto com a Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (Cati/Chapada) e a Cati/Sede. O cumprimento do mandado de prisão preventiva se deu após acompanhamento do autor por investigadores à paisana.

O crime ocorreu em novembro de 2023, na cidade de Presidente Dutra, quando o dentista teria entregado a quantia de R$ 100 para que a vítima comprasse drogas. Diante do não cumprimento do acordo, o dentista ameaçou o rapaz e, posteriormente, contratou um conhecido para levá-lo até ele. Ao se encontrar com a vítima, o autor efetuou um disparo fatal. Após a investigação e coleta de provas, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva do suspeito, que, então, fugiu da região.

A ação policial que resultou na prisão do dentista foi resultado de meses de investigação e esforços das equipes policiais. O acusado, que estava foragido desde o crime, foi encaminhado à delegacia e passou por exames de lesões corporais. Posteriormente ele será encaminhado ao sistema prisional, e está à disposição do Poder Judiciário.

Fechado para comentários

Veja também

Em congresso da Amupe, prefeita Josimara Cavalcanti reforça luta dos municípios por mais autonomia e recursos

A prefeita de Dormentes, Josimara Cavalcanti (MDB), iniciou a semana no Recife participand…