Defesa Civil de Petrolina (PE) alerta e dá dicas de como evitar afogamentos no Rio São Francisco

Com a cheia do Rio São Francisco e o aumento da temperatura, muitas pessoas aproveitam para se refrescar na água. Por isso, todo cuidado é pouco, já que um descuido pode transformar os momentos de alegria em fatalidade. Então, a Defesa Civil de Petrolina alerta e orienta a população para que sejam evitados afogamentos, em alguns casos após cinco minutos de submersão há um elevado risco de morte e sequelas neurológicas irreversíveis.

A população deve tomar cuidados, algumas ações podem proporcionar mais segurança na água. Entre as recomendações que devem ser seguidas está, por exemplo, não superestimar a habilidade de natação, evitar ingerir bebida alcoólica, não mergulhar de cabeça e supervisionar as crianças constantemente. Também é necessário respeitar a sinalização e tomar cuidado com dispositivos infláveis que podem levar para o fundo, como os colchões de ar. Os profissionais ainda recomendam evitar saltar de lugares com altura elevada e ter cuidado com locais escorregadios.

“Tinha muitos anos que não víamos o rio tão cheio, por isso a população precisa redobrar atenção. Se estiver em perigo mantenha calma, flutue e acene por socorro, não nade contra correnteza. É muito importante também não querer entrar na água para salvar quem está em perigo, porque a falta de treinamento pode fazer com que a pessoa se torne facilmente uma vítima”, alertou o secretário executivo de Defesa Civil, José Welton de Aquino.

Mesmo seguindo todas as orientações, acidentes podem acontecer. Ao menor sinal de perigo, é fundamental pedir socorro pelo 193, e seguir as instruções do atendente. “O mais importante é manter a calma e agir sem demora, cada segundo é crucial para o salvamento”, finalizou

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Bombeiros são chamados para controlar princípio de incêndio no Residencial Vivendas

O Corpo de Bombeiros foi chamado na noite de terça-feira (17) para controlar as chamas de …