Decreto prorroga fechamento do comércio de Paulo Afonso (BA) por mais 15 dias e inclui outros estabelecimentos como serviços essenciais

Começa a valer a parir de segunda-feira (06), em Paulo Afonso (BA), o novo decreto publicado no Diário Oficial na última sexta-feira (3), que  prorroga o fechamento do comércio do município por mais 15 dias.

Segundo o documento, uma brecha inclui outros estabelecimentos na lista dos serviços essenciais durante a pandemia do coronavírus. Estes  seguirão em regime e horário restrito de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, sendo que as primeiras duas horas serão destinadas ao grupo de risco.

Entre os comércios essenciais estão: casas funerárias; transportadoras; lojas de material de construção; lojas de autopeças, oficinas mecânicas e borracharias; lojas de materiais de higiene e limpeza com área construída de até 300 m²; venda de peças e manutenção de eletrodomésticos; lojas veterinárias e de insumos agrícolas; lojas de conveniência, vedada o consumo de bebidas e alimentos no interior do estabelecimento e os prestadores de serviços de internet e de telecomunicação poderão manter o funcionamento interno das atividades, vedado o atendimento do cliente no estabelecimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Projeto que cria o Dia Municipal do Autismo em Petrolina (PE) é aprovado na Câmara

O Projeto de Lei (PL) 074/2021 que institui o Dia Municipal de Conscientização do Autismo,…