Danilo quer frente parlamentar em defesa da Chesf

0

Depois de o Ministério das Minas e Energia ter anunciado a privatização da Eletrobras, o deputado federal Danilo Cabral (PSB-PE) começou a coletar assinaturas para a criação de uma frente em defesa da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco, uma das subsidiárias da estatal de energia.

Na avaliação do socialista, é preciso calma e discussão do processo, cuja a conclusão está prevista para o primeiro semestre de 2018.

“A condução da política energética do País deve ser do poder público e não da iniciativa privada. É uma questão de soberania nacional. A Chesf tem 70 anos de história. É um patrimônio dos nordestinos e um instrumento fundamental para o desenvolvimento regional”, afirma Danilo Cabral.

Já funciona no Congresso Nacional uma Frente Parlamentar em Defesa do Sistema Elétrico Brasileiro, coordenada pela deputada Érika Kokay (PT-DF). Lançada em 2016, tem como objetivos fortalecer o sistema elétrico público, discutir um novo modelo para o setor e defender os interesses da classe trabalhadora.

Essa que está sendo proposta por Danilo, e que precisa das assinaturas de 187 parlamentares, no entanto, tratará especificamente da Chesf, que foi criada em 1945 e no seu parque há 13 usinas hidrelétricas, a maior parte dela ao longo do Rio São Francisco, e uma termelétrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Bairro Areia Branca em Petrolina concentra maior número de casos de Coronavirus; Veja a situação em outras comunidades

Houve um aumento no número de bairros e comunidades com casos confirmados de Coronavirus e…