Curto-circuito pode ter causado incêndio em prédio em construção no Recife (PE)

Um curto-circuito pode ter causado o incêndio de grandes proporções que atingiu um prédio em construção no bairro da Torre, na Zona Oeste do Recife, na noite da quinta-feira (28). A informação foi divulgada pelo secretário de Defesa Social de Pernambuco, Alessandro Carvalho. Não houve vítimas.

Por causa dos riscos, o Corpo de Bombeiros isolou um perímetro de cerca de 300 metros ao redor do Edifício Botanik, e moradores e comerciantes tiveram que deixar os imóveis. Não havia, na manhã desta sexta-feira (29), um balanço da quantidade de pessoas que tiveram que desocupar os locais.

“Pelo que nós soubemos, o fogo começou no último ou no penúltimo andar, possivelmente pode ter sido um curto-circuito e veio para a parte de baixo, porque o incêndio que se iniciou lá começou a desprender materiais, como nós vimos. Havia só um vigilante na obra e, quando o incêndio começou, ele saiu”, disse o secretário de Defesa Social.

Ainda havia focos de incêndio no prédio por volta das 6h30 desta sexta-feira, momento em que a Defesa Civil do Recife chegou ao local.

O secretário executivo de Defesa Civil do Recife, coronel Cássio Sinomar, disse que equipes da prefeitura entraram com engenheiros do prédio para fazer uma vistoria. Eles vão subir em todos os andares para avaliar os riscos.

“A avaliação vai ser minuciosa, subindo andar por andar, avaliando toda a parte estrutural, toda a parte que foi danificada, quais são os elementos soltos, quais são as possíveis áreas de atuação, quais são os projetos para que a gente elimine todo o risco necessário. É uma vistoria bastante meticulosa, a gente precisa ter toda a atenção e avaliação isolada de toda a engenharia”, afirmou.

Os três últimos andares do prédio estavam escorados com toras de madeira, e isso pode ter favorecido a propagação do fogo. Além disso, o almoxarifado da obra, que ficava no térreo, ficou destruído, porque material em chamas caiu e atingiu papéis e madeira que estavam estocados.

Por volta das 21h30, começou a chover na capital pernambucana, e a água da chuva ajudou a diminuir a intensidade das chamas no prédio.

Fechado para comentários

Veja também

Governo de Pernambuco contrata empresa organizadora do concurso da Polícia Científica com 213 vagas

O Governo de Pernambuco anunciou, nesta terça-feira (23), a contratação da empresa AOCP &#…