Cronista e poeta Miró da Muribeca morre aos 61 anos

O poeta e cronista pernambucano João Flávio Cordeiro da Silva, mais conhecido como Miró da Muribeca, autor de vários livros publicados, morreu, neste domingo (31). A informação foi divulgada no perfil oficial do artista nas redes sociais. A causa da morte não foi divulgada.

“Comunicamos a todos os amigos, fãs e seguidores, que nosso poeta Miró da Muribeca encantou-se nesta manhã de domingo. Em breve, daremos mais informações sobre a cerimônia de despedida. Pedimos desculpas se não conseguirmos responder às manifestações de pesar. Não responderemos, neste momento, a mensagens inbox/direct”, disse o comunicado nas redes sociais.

Em maio deste ano, Miró foi internado em um hospital público do Recife, em decorrência de problemas de saúde. Na época, o quadro de saúde dele era estável, apesar de estar debilitado.

O enterro do artista está previsto para ocorrer às 11h nesta segunda-feira (1º), no cemitério de Santo Amaro, na área central do Recife. (Folha PE)

 

Fechado para comentários

Veja também

Pernambucano de 12 anos ganha certificado da Nasa após descobrir dois asteroides

Um jovem pernambucano de 12 anos ganhou um certificado da agência americana de aeronáutica…