Cremepe aprova obrigatoriedade de médico pediatra na sala de parto

0

cremepe

Foi aprovada em plenária no Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe), na noite dessa segunda-feira (18.05), a resolução da obrigatoriedade de médico pediatra na sala de parto em todas as unidades de saúde do Estado de Pernambuco. A decisão foi tomada após a publicação do Ministério da Saúde, através da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), de norma que dispensa o pediatra na sala de parto nas cesarianas, quando não houver risco ao feto ou à gestante.

Segundo o presidente conselho, Silvio Rodrigues, retirar o pediatra da sala de parto é ferir o direito que todos têm à uma boa saúde. “Não se pode economizar quando o assunto é saúde”, ressaltou. O presidente também disse que não se pode haver diferença entre saúde privada e pública.

Silvio ressaltou que o acompanhamento do pediatra é de fundamental importância. “Ele é o profissional que pode, por exemplo, agir para reanimar um recém nascido”, disse. Ainda completou que o parto seja considerado sem risco, há a possibilidade de acontecer alguma complicação durante processo.

“Nós somos contra e estamos preocupados com as recomendações propostas pelo Ministério da Saúde. Não vamos admitir, no estado de Pernambuco, que nenhum parto seja realizado sem a presença de um pediatra”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Homem tenta fugir mas é preso com droga e faca no bairro Mandacaru, em Petrolina (PE)

Um homem, que não teve o nome divulgado, foi preso durante rondas ostensivas de policiais …