Covid-19: Organizações sociais e movimentos sindicais de Petrolina promovem Ato pelos 100 mil mortos no país

0

Representantes, organizações e movimentos sociais de Petrolina, que acreditam na vida e repudiam o genocídio de brasileiros como a União Brasileira das Mulheres (UBM), movimentos sindicais, movimento Cores, Partido dos Trabalhadores, povos de terreiros, entre outros, promovem nesta terça-feira, dia 11 de agosto, o “Ato pelos 100 mil mortos pela COVID-19”, na Praça Maria Auxiliadora, Centro de Petrolina, às 16h.

O Ato tem o objetivo de denunciar as ações do governo que segundo as entidades tem ignorado e subestimado a pandemia, deixando o Ministério da Saúde a quase 90 dias sem um Ministro. Em meio a todo esse caos, 100 mil brasileiros perderam a vida e deixaram em seus entes queridos sentimentos de desesperança e tristeza, além do Brasil ter atualmente 3 milhões de casos de Covid-19 e 12,4 milhões de desempregados.

Desta forma, as instituições se unem para um ato simbólico pelos mortos, solidariedade a dor das famílias enlutadas e em defesa da democracia e pela garantia dos direitos que estão sendo desrespeitados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Notícia de que Barragem de Sobradinho (BA) vai se romper é Fake News

O tenente coronel Tarcísio Ribeiro, comandante do 9º GBM, Corpo de Bombeiros de Juazeiro (…