Covid-19: Médicos no AM relatam doença com maior gravidade, velocidade e letalidade em jovens

Profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 em Manaus, capital do Amazonas, têm relatado que a doença tem aumentado a velocidade de evolução e a gravidade. De acordo com reportagem do Uol, a segunda onda da Covid-19 tem demonstrado maior transmissibilidade causada por mutações que geraram uma nova variante no estado.

Os registros de mortes dos últimos 30 dias apontam que pessoas mais jovens têm sido mais atingidas. Quatro em cada dez vítimas fatais no período tinham menos de 60 anos.

“Algo de muito diferente está ocorrendo em Manaus. Não sei informar se é uma cepa nova ou se é algo diferente. Mas quem está na linha de frente está vendo um aumento da gravidade dos casos”, afirma Noaldo Lucena, infectologista e pesquisador que atua em clínica popular, atendimento domiciliar e hospitais públicos.

(Bahia Notícias)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeiro (BA)  consegue  10 novos leitos de UTI  para atender pacientes infectados pela Covid-19

Neste domingo (7), a prefeita Suzana Ramos participou de uma videoconferência com o govern…