Covid-19: Brasil começará a receber 15 milhões de doses da vacina de Oxford em janeiro

O ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse nesta quarta-feira (2) que o Brasil vai receber entre janeiro e fevereiro 15 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 do laboratório AstraZeneca, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Em audiência no Congresso Nacional, Pazuello destacou que o contrato prevê com a AztraZeneca com escalonamento da produção que disponibilizará 100 milhões de doses ao país e transferência tecnológica que permitirá ao Brasil produzir no segundo semestre de 2021 mais 110 milhões a 160 milhões de doses. O valor do contrato é de R$ 1,9 bilhão.

O ministro da Saúde Eduardo Pazuello disse nesta quarta-feira (2) que o Brasil vai receber entre janeiro e fevereiro 15 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 do laboratório AstraZeneca, desenvolvida em parceria com a Universidade de Oxford e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Em audiência no Congresso Nacional, Pazuello destacou que o contrato prevê com a AztraZeneca com escalonamento da produção que disponibilizará 100 milhões de doses ao país e transferência tecnológica que permitirá ao Brasil produzir no segundo semestre de 2021 mais 110 milhões a 160 milhões de doses. O valor do contrato é de R$ 1,9 bilhão.

“Entre janeiro e fevereiro já começam a chegar 15 milhões de doses da AztraZeneca Oxford com a Fiocruz”, disse Pazuello. “No primeiro semestre chegaremos a 100 milhões. No segundo semestre, já com a tecnologia transferida, podemos produzir com a Fiocruz até 160 milhões de doses a mais. Só aí são 260 milhões de doses.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pernambuco: Governo alerta população de fake news sobre lockdown no estado

O governo de Pernambuco emitiu nota em suas redes sociais nesta segunda-feira (25) fazendo…