Corrente do Bem: Projeto Transforma pode chegar a Petrolina

IMG_6926

Uma corrente o bem. Esta pode ser uma definição para o projeto Transforma, uma plataforma online que conecta Organizações Não Governamentais e voluntários na construção de uma realidade mais solidária.

Esse projeto está sendo avaliado pelas repartições públicas, empresas, ONG’s e autoridades políticas da cidade de Petrolina, e poderá ser implantado em breve. A ideia é unir pessoas que desejam ajudar organizações sociais da cidade, de maneira voluntária, visando contribuir para a transformação do município e fortalecimento de práticas solidárias.

“A gente sabe que as organizações sociais desenvolvem trabalhos voltados para várias causas: algumas cuidam de crianças; outras de idosos; educação; geração de renda; e muito mais. E, o que eles mais precisam é do apoio da sociedade civil. Tem muita gente que quer ajudar, mas não sabe como. Então, o Transforma surge como uma plataforma em que todas as pessoas da cidade podem acessar, se cadastrar e ofertar um trabalho voluntário”, explica Fábio Silva, empreendedor social e idealizador do projeto.

O Transforma

O projeto Transforma surgiu em Recife – PE, como uma iniciativa da prefeitura, em meados de maio deste ano e já possui um número considerável de adeptos. São 62mil pessoas cadastradas na plataforma e mais de 14 mil vagas de trabalho voluntário oferecidas pelas organizações sociais.

“Através de Recife começamos a ter uma visibilidade nacional. Por que essa é uma pauta que, eu como empreendedor social, acredito que, principalmente, nesse tempo de dificuldade política no país, precisamos convocar a sociedade civil para ter esperança, para se engajar, para entender que ela pode ser a mudança que ela quer ver no mundo”, afirma Fábio Silva.

E, para medir essa horas de trabalho voluntário ofertadas em solidariedade, o Transforma desenvolveu o Voluntariômetro, instalado no centro da cidade de Recife, que marca a quantidade de horas de trabalho voluntário que são realizadas no município e ocupadas na plataforma. Atualmente, o voluntariômetro já contabilizou mais de 250 mil horas prestadas.

Diante da importância que o projeto tem, a sua visibilidade só aumenta, influenciando na sua expansão. Hoje, o Transforma está sendo desenvolvido nas cidades de Salvador- BA e Petrópoles – RJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Após ação de vândalos, grelhas elevadas são repostas na Avenida da Integração

As ações de vandalismo em equipamentos públicos seguem trazendo prejuízos aos cofres públi…