Coronavírus: América do Sul ainda não viveu o pico da doença, afirma OMS

0

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou, nesta quarta-feira (24), que espera que o mundo atinja 10 milhões de casos do novo coronavírus na próxima semana, sem que o continente americano tenha atingido ainda o pico da pandemia. “Esperamos atingir um total de 10 milhões de casos na próxima semana”, disse o chefe da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em uma entrevista virtual.

“No primeiro mês desta pandemia, menos de 10 mil casos foram relatados à OMS. No mês passado, quase 4 milhões foram relatados”, alertou o diretor-geral da organização. Segundo uma contagem da agência AFP, estabelecida de fontes oficiais, a pandemia do novo coronavírus causou pelo menos 477.570 mortes em todo o mundo desde que a China notificou o surto da doença, em dezembro. Mais de 9.279.310 casos de infecção foram oficialmente diagnosticados em 196 países e territórios.

“A epidemia no continente americano é muito intensa, principalmente na América Central e do Sul”, disse Michael Ryan, diretor de emergências de saúde da OMS. “Temos visto uma tendência contínua e preocupante, com muitos países experimentando aumentos de 25% a 50% (dos casos) na semana passada”, acrescentou. “Infelizmente, a pandemia não atingiu seu pico em muitos países do continente americano”, resumiu ele, explicando que esse pico depende das ações realizadas em cada país e que a má governa é um dos fatores prejudiciais no combate à disseminação do vírus. (AFP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Pesquisadores desenvolvem tecido capaz de matar o vírus da Covid-19

Dentro de dois meses, pesquisadores do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e P…