Contemplados com Vivendas Petrolina II assinam contratos

0

HAB_01

Esta segunda-feira (21) foi o dia de 1000 contemplados, com unidades habitacionais do Residencial Vivendas Petrolina II, oficializarem a conquista da casa própria. Técnicos da Secretaria Municipal de Habitação mobilizaram as famílias no centro de Convenções Senador Nilo Coelho, para a assinatura de contratos com a entidade financeira responsável pelo empreendimento, a Caixa Econômica Federal.

O secretário extraordinário de Habitação, Edinaldo Lima, abriu os trabalhos de assinatura falando para as famílias sobre a conquista da moradia digna e da responsabilidade que cada um terá ao entrar no imóvel. “Depois que assinarem o documento a casa é de vocês, esta é uma conquista de cada um e cada uma que precisa ser preservado”, destacou o secretário. Edinaldo pontuou também os esforços da gestão Julio Lossio em expandir o programa MCMV em Petrolina e levar moradias dignas para quem mais precisa.

Os direitos e deveres dos contemplados também foi um aspecto destacado por Edinaldo Lima, pontuando que os contemplados se enquadram na faixa 1 do programa habitacional, ou seja, destinado a famílias com renda de até R$1.600 e por isso as prestações têm valores abaixo do praticado em financiamentos de imóveis. “Este programa chega para atender a necessidade daquelas pessoas que realmente precisam”, salientou o secretário, convidando as famílias a denunciarem, junto a Ouvidoria do município, beneficiários que estejam agindo em desacordo com as normas do programa.

Nos próximos dias 22 e 23 (terça e quarta-feira), os contemplados com unidades habitacionais do Vivendas Petrolina I também participarão da assinatura de contratos. O empreendimento contempla 1.432 famílias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrolina (PE): Moradores do bairro Caminho do Sol sofrem com rua esburacada após serviço da Compesa; Companhia responde

Os moradores da rua Joãozito Barros, no bairro Caminho do Sol em Petrolina (PE), estão sof…