Contas da Prefeitura de Paulo Afonso (BA) são aprovadas com ressalvas

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia emitiram parecer recomendando a aprovação com ressalvas, pelas câmaras de vereadores, das contas de mais quatro prefeituras baianas, referentes ao exercício de 2020. Esses pareceres englobam as contas de governo e as de gestão.

Foram analisadas e aprovadas as contas das prefeituras de Contendas do Sincorá, da responsabilidade de Ueliton Valdir Palmeira Souza; de Paulo Afonso, de Luiz Barbosa de Deus; de Rio Real, Antônio Alves dos Santos e de Santa Brígida, de Carlos Clériston Santana Gomes.

No caso dessas prefeituras, ambas as contas – governo e gestão – são de responsabilidade do próprio prefeito, que atua concomitantemente como chefe de governo e ordenador de despesas.

Os conselheiros relatores, ao final de cada voto, também apresentaram Deliberação de Imputação de Débito – DID, com propostas de multas aos gestores nos valores de R$1,5 mil (Contendas do Sincorá e Paulo Afonso); R$2 mil (Rio Real) e R$2,5 mil (Santa Brígida) em razão das ressalvas indicadas nos relatórios técnicos.

Fechado para comentários

Veja também

Reflexão do dia

Observem bem as suas muralhas, examinem as suas cidadelas, para que vocês falem à próxima …