Conselhos para quem deseja vender um imóvel em Salvador (BA) sem estar quitado

0

Conheça quais são as regras para a venda de imóveis financiados em Salvador (BA)

Estudos sobre o mercado imobiliário mostram que o brasileiro costuma a ter entre um ou dois imóveis ao longo de toda a sua vida. Por isso é muito comum realizar a compra da casa própria por meio de financiamento, para pagar as parcelas ao longo dos anos morando no imóvel.

Entretanto, uma situação mais comum do que muita gente imagina é o surgimento de imprevistos financeiros. Além do aspecto econômico, mudanças de cidade, brigas e separações também podem levar a algumas famílias a optarem por vender um imóvel financiado. E sim, essa é uma operação possível de ser realizada!

Para realizar a venda de forma simples e tranquila é importante tomar alguns cuidados. Entre os requisitos necessários estão um contrato livre de pendências em conjunto com as condições da instituição financeira escolhida para estar realizando o financiamento imobiliário.

Atendendo a esses termos, as partes envolvidas devem firmar o acordo da promessa de compra e venda. Esse documento é responsável por garantir que sejam assegurados os direitos tanto do vendedor, quanto do comprador.

Além do acordo, o proprietário deve apresentar todos os documentos relacionados ao imóvel, sem pendências judiciais ou fiscais. Agora que você já conhece os procedimentos básicos para a venda de casas em Salvador financiadas, entenda os cuidados necessários para garantir um bom negócio:

  • Pesquise sobre a venda de imóvel financiado

Uma das principais diferenças na venda de imóvel que ainda está em financiamento está na quitação do saldo devedor. Ou seja, o proprietário está realizando a transferência de uma dívida para o nome do comprador.

Para realizar o pagamento do imóvel, o comprador conta com duas opções: o pagamento à vista e a realização de um novo financiamento, para concluir o realizado anteriormente. Esse segundo pagamento exige um pouco mais de cuidado, por isso é muito importante pesquisar a fundo as condições antes de fechar negócio.

No caso do pagamento à vista, não existe muito segredo. O comprador deve cobrir o valor pedido pelo proprietário referente imóvel, assim como a quantia referente a dívida de compra.

No caso do financiamento, o proprietário pode transferir o financiamento existente para o comprador, no caso de não haver nenhuma restrição de crédito existente.

Ou o comprador pode dar entrada em um novo financiamento na instituição financeira de sua preferência, que deve realizar a ponte com o banco atual. Nesses casos, é importante consultar as taxas de crédito e identificar as que são mais vantajosas para o financiamento.

  • Conheça as condições do banco para transferência de dívida

Na hora de realizar a transferência, se a opção for financiamento, é importante entender as regras para a venda do imóvel.

O primeiro passo é consultar quais são as condições para a transferência da dívida, do banco em que o financiamento foi realizado, para o banco que o comprador tem interesse em dar continuidade na quitação da dívida.

Normalmente o comprador assina um novo contrato, agora em seu nome, solicitando crédito para cobrir apenas o montante restante da dívida. Dessa forma, o banco deve receber apenas o valor necessário para a quitação do imóvel.

Como no primeiro financiamento, o comprador deve estar apto às exigências bancárias relacionadas a aprovação do crédito, tempo para conclusão da dívida, documentos necessários, entre os trâmites.

É importante destacar que em ambos os casos, o proprietário do imóvel deve receber à vista, do banco no caso do financiamento ou do próprio comprador no caso pagamento à vista, a diferença entre o valor pedido pelo imóvel e o restante necessário para o pagamento da dívida.

Como essa operação envolve grandes quantias, antes de fechar negócio é fundamental analisar o orçamento para não haver comprometimento da renda ou restrição ao crédito.

  • Registre todas as transações realizadas

A documentação é uma etapa muito importante na compra de imóvel, como o imóvel já foi financiado, é necessário redobrar os cuidados. Por isso, todas as decisões tomadas durante a compra/venda devem ser registradas em documento no cartório, pois isso assegura o direito tanto do proprietário, como do comprador.

Contratos de gaveta não são indicados nessa operação uma vez que o proprietário pode vir a ficar negativado caso o comprador não cumpra com sua palavra ao dar continuidade no financiamento.

Após oficializar a forma de pagamento, vem a transferência. No caso do pagamento à vista, já deve ser realizado um novo contrato de compra e venda. Já no caso do financiamento, o contrato com o banco tem validade legal de transferência de bens.

Outro ponto importante para colocar um apartamento para vender em Salvador é estar com todos os pagamentos em dia, que inclui: condomínio, IPTU, conta de água, de luz, todos os encargos que são de responsabilidade do proprietário do imóvel.

É importante que sejam apresentados comprovantes de pagamento no ato da venda e caso exista algum débito relacionado a esses pagamentos, o comprador pode descontar do valor que vai vir a ser pago ao proprietário na conclusão da compra.

  • Saiba o que é e não permitido nesse tipo de venda

 As regras para a venda de imóvel financiado são as mesmas válidas para o imóvel que ainda vai ser adquirido no mercado. Ou seja, para colocar o imóvel no mercado, não podem existir bloqueios judiciais, dívidas com outro vendedor ou situações relacionadas a separação de bens como divórcio litigioso.

Geralmente na venda de um imóvel financiado, entre as motivações do proprietário está a dificuldade em honrar com o pagamento das parcelas. Embora essa seja uma situação comum, para configurar venda, o imóvel não pode ter débitos que permitam ao banco entrar com o pedido de leilão do imóvel.

Também não é indicado colocar o preço do imóvel muito acima ou muito abaixo do mercado, pois pode deixar de ser vantajoso para o comprador e acaba não gerando a venda. A recomendação é seguir as indicações do financiamento, consultando a tabela de preços conforme o perfil do público-alvo ideal para o imóvel.

 Curtiu? Compartilhe em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Petrobras aumenta em 5% valor de gás de cozinha a partir desta quinta (3)

A Petrobras informou que elevará em 5% o preço médio do GLP, também conhecido como gás de …