Conselho Estadual de Saúde pede lockdown em Pernambuco

O Conselho Estadual de Saúde de Pernambuco (CES-PE), localizado na Boa Vista, Centro do Recife, pediu pela imediata suspensão das aulas presenciais em todo o sistema de ensino, público e privado, de Pernambuco e por medidas mais restritivas das atividades. De acordo com o órgão, a persistência da ocupação de leitos de UTI acima de 90% no estado e da ocorrência de óbitos desde o início da pandemia, “impõem medidas emergenciais de proteção à vida”. Em nota, emitida na quarta-feira (5), o conselho ressaltou que “não podemos aceitar a naturalização da situação atual”.

A nota do Conselho Estadual, se baseia na recomendação do Conselho Nacional de Saúde N.008 de 26 de abril de 2021, que indica: “Que não sejam retomadas as aulas presenciais durante a pandemia, mesmo que haja fomento dos empresários da educação, até que ocorra a realização de vacinação em massa, com planejamento adequado e medidas efetivas para que as escolas tenham melhores condições de receber os estudantes e os trabalhadores”.

O órgão pernambucano também se posicionou recomendando que o Governo de Pernambuco estruture uma estratégia para a adesão rigorosa ao “lockdown” de 21 dias e também “uma construção emergencial de estratégias de restrição rigorosa em áreas específicas, e tecnicamente delimitadas, com maior concentração de casos/óbitos, para redução da pressão sobre a rede assistencial”, diz o trecho da nota. O CES-PE atua no Controle Social do SUS Pernambucano realizando fiscalização, regulação e gerenciamento das ações de saúde no Estado.

De acordo com o CES-PE, o posicionamento do órgão foi aprovado após uma reunião, que aconteceu ontem (5), em que ficou acertado de ser enviado Nota de Posicionamento Nº5 ao Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19 em Pernambuco, a todos os Conselhos Municipais de Saúde, à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e ao Ministério Público de Pernambuco.

Pandemia em Pernambuco

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (6), 3.074 novos casos da Covid-19. Esse é o novo recorde diário de casos confirmados, desde a chegada da pandemia do novo coronavírus ao estado. Até então, o maior registro de infectados em 24 horas no estado havia sido no dia 1 de abril, quando foram confirmados 2.987 novos casos da doença.

Entre os confirmados nesta quinta-feira, 144 (4,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.930 (95,5%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 418.003 casos da doença, sendo 41.127 graves e 376.876 leves. Também foram confirmados 52 óbitos, ocorridos entre 14 de novembro de 2020 e 5 de maio de 2021. Com isso, o estado totaliza 14.385 mortes pela Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Juazeirense empata fora de casa contra o Bahia de Feira

A Juazeirense foi até a cidade de Feira de Santana para disputar a terceira rodada da Séri…