Comitê Interinstitucional em Segurança Pública é reativado em Juazeiro (BA)

O Ministério Público do Estado da Bahia, através dos Promotores de Justiça, Doutor Raimundo Nonato Santana Moinhos, Doutora Thays Rabelo da Costa e Doutora Joseane Mendes Nunes, apresentou na quarta-feira (28), o Projeto de Reativação do Comitê Interinstitucional em Segurança Pública (CISP) da Regional de Juazeiro (BA), que tem por finalidade promover a articulação, harmonização, mediação de relações e a integração das ações voltadas Segurança Pública e Defesa Social.

 A reunião  ocorreu no  Auditório do 3º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação da Polícia Militar, em Juazeiro (BA), e teve por objetivo apresentar o CISP e sua estrutura, bem como reafirmar o seu propósito de multiplicar ações e iniciativas interinstitucionais em segurança pública e defesa social, a partir de organização da rede articulada e integrada de segurança pública no Município.

Andamentos

Foi realçado, pelo Coordenador do CISP da Regional de Juazeiro, Promotor de Justiça Raimundo Moinhos,  a aprovação do Sistema Único de Segurança Pública e a obrigação dos Municípios em instituírem o Plano Municipal de Segurança, de modo que a reativação do projeto permitirá o desenvolvimento de ações de redução e prevenção da criminalidade.

 Foram escolhidas as Câmeras temáticas do CISP, elegendo-se, por unanimidade, as seguintes: Projetos Sociais; CVLI e suas causas; Enfrentamento da Violência Doméstica; Plano Municipal de Segurança Pública; Videomonitoramento; Estruturação dos CONSEG´s e ANPP; Saúde mental dos agentes de segurança Pública.

A reunião teve a presença de outros Promotores de Justiça, delegados e outros profissionais da segurança pública. Todos os protocolos de prevenção à COVID-19 foram adotados para realização da reunião presencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Levantamento do TCE mostra falta de transparência na vacinação da covid-19 em Pernambuco

O Tribunal de Contas realizou um levantamento para saber como anda a transparência da vaci…