Com polêmica, por 17 votos a 1, Projeto que torna igreja como serviço essencial em Petrolina (PE) é aprovado com voto contrário do vereador Gilmar Santos

Após diversas discussões polêmicas durante sessão online nesta terça-feira (27), os vereadores de Petrolina (PE) votaram favoráveis ao projeto 037/2021, que torna as igrejas, atividades religiosas como serviço essencial na cidade.

O vereador Wenderson Batista rebateu alguns comentários como a frase dita na sessão de que “a vida está em primeiro lugar” por conta das aglomerações em templos comparando com outros locais em que o coronavírus também habita.

“Me interpretaram mal, pois nunca fui contra ao fechamento das igejas, se me posicionei de forma erra peço desculpas, se eu estiver indo de forma errada que me corrijam, sou favorável ao projeto”, reafirmou “Pé-de Galo”.

“Quem não tem Deus não tem nada e falo ao vereador do contra que respeite a fé das pessoas”, disparou o vereador Rodrigo Araújo sem citar nome.

O vereador Gilmar Santos votou contrário ao projeto, que foi aprovado por 17 votos a 1. “Não sou a favor desse projeto que ataca a vida”, disse.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Trabalhadores nascidos em novembro podem sacar o auxílio emergencial

Trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Fe…