Codevasf celebra Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco e promove peixamentos em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA)

code
Os municípios de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) celebraram o 3 de junho, Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco, com um peixamento simbólico promovido pelo Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura de Bebedouro (CIB), órgão vinculado à 3ª superintendência regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), sediada em Petrolina. Foram inseridos na região 45 mil alevinos: 25 mil a partir da margem pernambucana e outros 20 mil do lado baiano do rio.
O peixamento em Petrolina contou com a participação de alunos do 2º ao 5º anos do ensino fundamental do Colégio Educar. David Rodrigues, do 5º ano, frisou que o rio é importante para todos e merece ser cuidado. “Foi legal participar. O rio merece e isso é bom para todo mundo”, disse. Maria Eduarda, também do 5º ano, estava contente por colaborar com o revitalização do São Francisco. “O peixamento é importante para o rio ter vida, para ter mais reprodução. O São Francisco representa a vida de Petrolina”, enfatizou.
A professora Celsa Cabral, da turma do 4ª ano da escola, avalia que a ação ajuda no dia a dia em sala de aula em temas como proteção do ecossistema e do meio ambiente. “Hoje estamos orientando para que eles fiquem mais atentos a essa questão da poluição, a não jogarem lixo na rua. A gente ensina para que eles passem futuramente para os filhos e netos”, disse Celsa.
De acordo com o chefe do CIB, Rozzanno Figueiredo, a Codevasf tem envolvido a sociedade em ações de peixamento para ressaltar a importância da preservação da vida no São Francisco. “A presença das crianças é uma tradição a que iremos dar continuidade. Realizar continuamente peixamentos para promover a vida no rio é algo que não terá fim se depender de nossa atuação”, afirmou.
Revitalização
Desde 2011 a Codevasf investe cerca de R$ 2,7 bilhões em ações de implantação, ampliação ou melhoria de sistemas públicos de esgotamento sanitário; ligações intradomiciliares; recuperação e controle de processos erosivos; coleta, tratamento e destinação de resíduos sólidos; abastecimento público de água em comunidades ribeirinhas e implantação de Centros Integrados de Recursos Pesqueiros e Aquicultura. Os recursos são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), no âmbito do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco – coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com o Ministério da Integração Nacional e outros órgãos do governo federal.
Em Petrolina a Companhia tem investimentos da ordem de R$ 65 milhões, repassados à Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento) para a construção da nova estação de tratamento de esgoto da área central de Petrolina. “A gente tem essa importante missão que é a proteção do rio São Francisco, com ações como a de esgotamento sanitário em toda a calha do rio”, disse o gerente de revitalização de bacias hidrográficas na Codevasf em Pernambuco, Elijlama Augusto Beserra.
Semana do Meio Ambiente
A programação do Dia em Defesa do Rio São Francisco integrou a III Semana do Meio Ambiente promovida pela Unidade Regional de Meio Ambiente da 3ª superintendência regional da Codevasf, em Petrolina. A ação também teve uma atenção especial ao bioma Caatinga; empregados da Codevasf visitaram o Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna), ligado ao campus de Petrolina da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).
Fechado para comentários

Veja também

Projeto de resgate de aforamento de imóveis sem registro que pertencem a Prefeitura de Petrolina (PE) será votado nesta quinta (11)

O Projeto sobre o resgate da enfiteuse (aforamento) no Município de Petrolina (PE) será ap…