Cientistas dão passo “promissor” em direção à vacina única contra Covid-19 e resfriado comum

Cientistas do Francis Crick Institute, em Londres, fizeram um avanço “promissor” no desenvolvimento de uma vacina universal contra o coronavírus, para combater tanto a Covid-19 como o resfriado comum, segundo divulgou o “The Guardian”.

No novo estudo, os pesquisadores investigaram se os anticorpos direcionados à “subunidade S2” da proteína spike do Sars-CoV-2 – o vírus que causa a Covid-19 – também neutralizam outros coronavírus. Os pesquisadores descobriram que, após vacinar camundongos com Sars-CoV-2 S2, os animais criaram anticorpos capazes de neutralizar vários outros coronavírus animais e humanos.

Eles incluíram o coronavírus do resfriado comum HCoV-OC43, a cepa original do Sars-CoV-2, o mutante D614G que dominou na primeira onda, Alpha, Beta, Delta, o Omicron original e dois coronavírus de morcego. Os resultados foram publicados na revista Science Translational Medicine.

– A área S2 da proteína spike é um alvo promissor para uma potencial vacina pan-coronavírus, porque essa área é semelhante em diferentes coronavírus – disse ao “Guardian” o co-primeiro autor do estudo, Kevin Ng.

Até agora, a área S2 da proteína spike havia sido negligenciada como uma base potencial para a vacinação, disseram os pesquisadores.

Fechado para comentários

Veja também

Codevasf: empresa de jovem de 21 anos fecha contrato de R$ 62 milhões, e CGU aponta risco de sobrepreço

Os contratos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Cod…