Cidade de São Paulo retira obrigatoriedade do uso de máscaras em táxi e carros de aplicativo

A prefeitura da cidade de São Paulo retirou a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção contra a covid-19 em táxis e carros de transporte por aplicativo. A obrigatoriedade foi revogada no último sábado. A liberação vale para motoristas e passageiros.

A obrigatoriedade do item de proteção se mantém, porém, no transporte coletivo e em estabelecimentos de saúde da capital paulista.

Na mesma decisão, o prefeito Ricardo Nunes liberou o pedido do chamado “passaporte da vacina” em estabelecimentos da capital. Até então, qualquer tipo de evento na cidade, independente da quantidade de adeptos, necessitava da apresentação do comprovante de vacinação.

Em nota, a prefeitura afirmou que “a decisão leva em conta as mais de 31,2 milhões de doses de vacina contra a covid-19 aplicada em todas as faixas etárias e grupos elegíveis”. De acordo com o mesmo comunicado, a taxa de ocupação 14% para enfermaria e 21% para as Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

Fechado para comentários

Veja também

Jacobina (BA): Veículo desgovernado invade loja, quebra vidraça e atinge carros à venda

Um carro desgovernado causou diversos danos após invadir uma concessionária em Jacobina (B…